segunda-feira, 25 de agosto de 2008

HISTÓRIA DA PERFUMARIA


Não se esqueça de comentar nossos posts !!!!!!

RECEITA de PERFUME



MATERIAL

50ml de Essência

40ml de Água Destilada ou Desmineralizada ou Deionizada

230ml de Álcool de Cereais10ml de Fixador

10ml de Dipropileno

10ml de Álcool Free



MODO DE FAZER

Dissolver a essência o fixador e o propileno ou dipropileno no álcool. Adicionar a agua. Macerar 7 dias no freezer. Passar pelo coador de café e envasar. Adicionar o álcool free.



HISTÓRIA DA PERFUMARIA
Uma Visão Geral

Antiguidade
A origem do perfumem remonta ao tempo em que o homem descobriu o fogo e percebeu que, certos arbustos e resinas quando queimados emanavam um intenso e agradável aroma. Na Antigüidade um perfumista era considerado um encantador, cujo conhecimento sobre a Alquimia era empregado para criar incensos sagrados capazes de elevar o espírito, ligando a psique humana ao poder divino. À medida que cura e religião estava interligada, o uso da defumação em ambientes para a cura de doenças era uma prática comum para exorcizar os espíritos malignos. O nome "Perfume" deriva do latim "Per Fumum" ou "pro Fumum", que significa “através da fumaça". Durante séculos, centenas de culturas desenvolveram atos simbólicos e religiosos, onde se oferecia, como sacrifício, na busca do favor dos deuses, plantas raras e resinas aromáticas, que eram queimadas nos altares dos templos.
Entre os materiais dessa natureza, destacou-se o sândalo, a casca de canela, as raízes de
cálamo e vetiver, bem como substâncias resinosas como a mirra, incenso, benjoim e o cedro do Líbano.
A expansão da perfumaria no oriente médio
Os egípcios divulgaram seus conhecimentos de perfumaria aos assírios, babilônios, caldeus, hebreus, persas e gregos.
Cada cultura desenvolveu suas próprias variedades de fragrâncias, de acordo com os ingredientes disponíveis localmente.

A perfumaria na América
Os Incas, os Maias e os Astecas costumavam queimar, como oferendas a seus deuses, grandes quantidades de incenso, elaborado com resina e madeira. As folhas de tabaco também eram valorizadas por suas propriedades aromáticas.

A perfumaria na Europa
Enviados para resgatar Jerusalém dos muçulmanos, os cruzados voltaram com um novo grau de cultura, incluindo o prazer do banho e a perfumaria.
Em 1.202 Veneza conquistou Constantinopla e, como conseqüência, apoderou-se das rotas no Mar Mediterrâneo para o Oriente, permitindo o florescimento da indústria do perfume na Itália, proporcionado pela transferência de conhecimento do Oriente para o Ocidente.
A fragrância tornou-se parte integrante da vida das cidades mais prósperas.
Como novos ingredientes da África e da América começaram a fluir para a Europa através de Portugal e Espanha, a indústria de perfumaria declinou na Itália.
No começo do século XVI a ARTE DA PERFUMARIA expandiu-se no sul da França, onde as condições climáticas favoreceram o cultivo de flores.
As condições climáticas da cidade de Grasse, particularmente adequados à produção de rosa, jasmim, tuberosa, lavanda e junquilho tornou-a o Berço da Perfumaria no mundo.
A Influência das Correntes Sócio-Culturais Sobre a Evolução da Perfumaria
Continua...


3 comentários:

Tereza disse...

Será que voces me ajudam a encontrar um filme (seriado) que foi exibido pela TV5, sobre um avô que ensinou a neta todas as técnicas do cultivo de rosas e jasmins para uma fábrica de perfume em Grasse?
Só me lembro que Gérard Depadieu participou como amigo da mocinha que gostava do emrpresário com quem havia brincado na infância..
O título no Brasil era, se não me engano, (a flor e o vento)
Obrigas,Tereza

Camila disse...

Eu amei este post, porque eu não sabia o segredo de perfumes. Ainda assim, é difícil acreditar que todos fazer em casa, porque você deve ter maneiras especiais de preparação. Eu gosto de comprar perfumes importados porque eu duram muito na pele.

Carla Azevedo disse...

EM QUE VOCÊ SE BASEOU NESSA FÓRMULA PARA PERFUME? ME INFORME A PROCEDÊNCIA DA SUA ESSÊNCIA.ABRAÇOS